A barganha anti-Moro

Fernando Bezerra disse que o Palácio do Planalto admite tirar o Coaf de Sergio Moro.

“Sob pressão de partidos do Centrão que querem mudar a organização ministerial do Poder Executivo”, diz O Globo, “o governo admite barganhar para tentar manter enxuta a quantidade de 22 pastas. Um dos pontos que podem ser cedidos é o retorno do Coaf à pasta de Economia”.

Fonte: O Antagonista

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *